CASO KÁTIA VARGAS: Distribuição de senhas para júri forma longa fila em Nazaré

A distribuição das senhas para o público que deseja acompanhar o julgamento da médica oftalmologista Kátia Vargas levou centenas de pessoas para o Fórum Ruy Barbosa, em Salvador. A fila se formou desde a madrugada desta sexta-feira (1/12) e chegou a dobrar o quarteirão.

Kátia é acusada de provocar as mortes dos irmãos Emanuel e Emanuelle Araújo, após uma discussão de trânsito ocorrida em 2013, no bairro de Ondina, em Salvador. O Tribunal será presidido por Gelzi Maria Almeida. Na terça-feira (5/12), ela recebeu jornalistas para explicar como será o julgamento.

Segundo a magistrada, devido a repercussão atingida pelo caso, existe uma expectativa de que os trabalhos devam se estender por, pelo menos, dois dias. É esperado que o plenário esteja lotado e, por isso, algumas medidas foram adotas para que a ordem seja mantida.

A defesa de Kátia Vargas terá 27 lugares reservados, mesmo número disponibilizado para a acusação. O restante das cadeiras será preenchido pelo público que tiver interesse em acompanhar o júri.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *