Gagliasso se emociona ao falar sobre ataques racistas sofrido por Titi

“Muito forte, agressivo e machuca”, essas foram as palavras utilizadas por Bruno Gagliasso, para falar sobre os ataques racistas que a filha Titi, de 4 anos, vem sofrendo. O ator e a mulher, Giovanna Ewbank, participaram do “Fantástico” (TV Globo), na noite deste domingo, 3, para debater o assunto, juntamente com outras duas famílias que também sofrem com o preconceito.

“Eu não tinha ideia que era assim. Óbvio que sempre soube que o racismo existia, mas vivenciar isso dentro de casa é muito forte, agressivo e machuca. E você só sente quando está dentro de casa”, declarou ele, bastante emocionado.

Ewbank, por sua vez, afirmou que não esperava passar por isso quando adotou Titi. “Estávamos despreparados para o que vinha. A gente se sente meio que correndo contra o tempo para conseguir as ferramentas para criar a nossa filha negra num país racista”.

Entenda o caso

Titi, filha dos atores Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank, foi atacada pela brasileira Day Mcarthy, que se diz escritora e mora no exterior. Ela postou um vídeo em um Story do Instagram – que some em 24 horas – chamando a menina de “macaca horrível”. Após o ataque contra a filha, o ator prestou queixa na Cidade da Polícia, no Rio de Janeiro. 

A garota foi adotada em 2016 por Bruno e Giovanna Ewbank no Malauí, na África. Essa não é a primeira vez que Titi é vítima de ataques racistas na internet.

Em novembro, do ano passado, ela também recebeu comentários ofensivos de internautas em uma foto postada por Bruno com a mulher e a filha.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *