MPF ajuíza ação contra a Bahia, União e Consórcio Enseada do Paraguaçú

O Ministério Público Federal (MPF) ajuizou uma ação civil pública contra o Estado da Bahia, a União e contras as empresas Odebrecht, OAS Engenharia e Participações, Construtora OAS, Kawasaki Heavy Industries e UTC Engenharia, que formam o Consórcio Enseada do Paraguaçú. De acordo com a ação, a instalação do Estaleiro Enseada do Paraguaçú, em Maragogipe, no recôncavo baiano.

 Segundo o MPF  a instalação do polo naval na causou danos ambientais que haviam sido previstos antes da obra, mas que não foram evitados. O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) também são alvos da ação, segundo o MPF, por terem autorizado a obra, orçada em R$ 2,6 bilhões.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *