NESTE SÁBADO: Ex-deputado Rocha Loures é preso em Brasília pela Polícia Federal

O ex-deputado Rodrigo Rocha Loures foi preso, neste sábado (3/5) pela Polícia Federal, em sua casa, em Brasília. Segundo o jornal Folha de São Paulo, a defesa do ex-parlamentar diz que está “indignada”, por entender que a Justiça sequer analisou os argumentos apresentados nesta sexta-feira (2/5) contra a detenção de Loures.

Ainda de acordo com o Folha, ontem, a defesa de Loures afirmou ao ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, “quer a prisão [de Loures] apenas para forçar uma delação, como tem sido usual nos últimos tempos”.

“Desde o momento em que o deputado Osmar Serraglio não aceitou o Ministério da Cultura e optou por reassumir sua cadeira de deputado na Câmara, a grande mídia tem insistido que a qualquer momento o recorrido Rodrigo Rocha pode ser preso. E, invariavelmente, acrescentam que se ele não for preso provavelmente não irá delatar. Ou seja, a própria mídia já encorpou a filosofia adotada na Lava Jato de prender, para humilhar, fragilizar e apavorar os investigados para optarem pela delação”, afirma o advogado Cezar Bitencourt nos documentos que apresentou à corte para rebater o novo pedido de prisão feito por Janot.

O ex-deputado é investigado no STF em inquérito com o presidente Michel Temer no âmbito da delação da JBS. Loures perdeu nesta semana o cargo de deputado federal após o retorno de Osmar Serraglio, exonerado do Ministério da Justiça, à Câmara.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *