Organização Criminosa Começou Com Eleição De Lula, Diz Janot

Ao denunciar os senadores do PMDB Edison Lobão (MA), Jader Barbalho (PA), Renan Calheiros (AL), Romero Jucá (RR) e Valdir Raupp (RO) e os ex-senadores José Sarney (AP) e Sérgio Machado (CE), o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, disse que a organização criminosa alvo da Lava Jato começou em torno da primeira eleição do ex-presidente Lula.

Na denúncia contra o “quadrilhão do PMDB”, consta ainda o requerimento para que eles percam seus cargos públicos. Janot destaca que  “a organização criminosa objeto da investigação no âmbito da Operação Lava Jato é aquela constituída em 2002 para a eleição do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva à Presidência da República, quando integrantes do PT se uniram inicialmente a grupos econômicos com objetivo de financiar a campanha de Lula em troca do compromisso assumido, pelo então candidato e por membros da sua futura equipe, de atender interesses privados daqueles conglomereados”.

“Com isso, Lula foi eleito e a organização criminosa cresceu após sua posse, quando então se estruturou um modus operandi de cobrar vantagens indevidas em diversos órgãos, empresas públicas e sociedades de economia mista controladas pela União, a partir da negociação com empresas que tinham interesses em negócios no âmbito do governo federal”, escreveu. A informação é do Estado de S.Paulo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *