Prefeitura assina financiamento internacional para investir em áreas turísticas

A Prefeitura de Salvador assinou, na tarde desta terça-feira (6), um financiamento internacional da ordem de US$ 105 milhões – cerca de R$ 368 milhões -, que serão investidos, principalmente, em ações de infraestrutura de cinco áreas turísticas da cidade. Segundo o prefeito ACM Neto (DEM), este é o primeiro financiamento internacional da história da cidade.

O contrato do Prodetur foi assinado pelo prefeito ACM Neto com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), em solenidade realizada no Fera Palace Hotel, na Rua Chile, que contou com a participação do ministro do Turismo, Marx Beltrão. 

A operação de crédito integra o programa Salvador 360, lançado recentemente pela prefeitura. Dentre as principais intervenções executadas com os recursos oriundos do empréstimo estão a revitalização da Avenida Sete de Setembro, a implantação do Museu da História da Cidade e do Arquivo Público e as reformas dos trechos de orla de Stella Maris-Flamengo-Ipitanga e Barra-Ondina. 

 
 

Além dos investimentos em infraestrutura, também estão previstas ações de sinalização turística; desenvolvimento e implantação de plano de ação para criar oportunidades e produtos de turismo étnico-afrobasileiro; elaboração de plano estratégico de Marketing Turístico de Salvador; e instalação de containers subterrâneos para coleta de lixo nas três áreas turísticas do programa.

O prefeito ACM Neto afirmou que, além das obras, os investimentos também serão em qualificação pessoal e desenvolvimento de produtos. “Vamos implantar o Museu de História da Cidade, que reunirá o arquivo público municipal mais antigo das Américas com recursos desse empréstimo. Ele vai ser implantado na Praça Cairu, numa área tradicional, em prédios que estavam para desabar. Mais um produto turístico e cultural para nossa cidade”, disse o prefeito.

Os investimentos na área do turismo têm o objetivo de ativar a economia da cidade. “O empréstimo vai permitir amplas ações na área do turismo com o objetivo claro de ativar a economia da cidade, garantir investimentos pesados que possam incentivar a geração de emprego e a movimentação econômica a partir do que é a nossa principal indústria, que é a indústria do turismo”, disse.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *