Região Metropolitana: Polícia Militar faz balanço das manifestações

Em entrevista ao programa Baiana Livre, na tarde desta sexta-feira (28), o comandante da 10ª Companhia Independente da Polícia Militar (10ª CIPM), major Paulo César Nunes, definiu como positiva a atuação da polícia na manifestação contra as reformas trabalhistas e da Previdência nesta sexta-feira (28) nos municípios de Candeias e Madre de Deus. O comandante destacou que apesar da resistência e da pressão por entidades sindicais contra os comerciantes, as manifestações foram tranquilas e pacíficas. Foram registrados incidentes no bairro do Triângulo, onde um comerciante foi detido portando uma arma de fogo e o segundo na rua 13 de Maio, onde os manifestantes tentaram coagir aos comerciantes fecharem as portas.

“No início da manhã foram  iniciadas as manifestações e a Polícia Militar deu conta conta de acompanhar, em sua grande maioria, sem quaisquer incidentes. O nosso objetivo é garantir a preservação de vidas e  restaurar a ordem. Foi isso que a Polícia Militar o fez como sempre o faz”, afirmou.

O major defendeu a atuação da Polícia Militar (PM) durante as manifestações e disse não reconhecer nenhum excesso da PM durante os protestos. “É bom reprisar que a PM não aderiu ao movimento grevista e hoje não foi o efetivo normal, onde convocamos todos os policiais para atuarem nas manifestações. A polícia militar vem dando conta de acompanhar manifestações, em sua grande maioria, sem quaisquer incidentes. A nossa função é garantir a preservação de vidas e estabelecer a restauração da ordem. Foi isso que a Polícia Militar o fez como sempre o faz”, acrescentou.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *